Gavião - Sucessão Municipal 2016 – Nome de bancário surge como opção

Os eleitores de Gavião irão eleger em outubro do próximo ano, caso seja mantida a atual legislação eleitoral, o seu oitavo gestor e o sexto prefeito, pois Humberto Vieira e Joaquim Cunha exerceram dois mandatos.

Nos meios políticos da cidade começam aparecer nome com possibilidade de ser candidato a exemplo do bancário Lourival Antonio Neto, 27 anos, conhecido por Neto de Tinho. Funcionário da Caixa Econômica Federal, agencia de Conceição do Coité, Neto resiste à ideia, mas não descarta a possibilidade de prestar sua colaboração ao município.

O nome do bancário surgiu depois da eleição de 2014 quando resolveu fazer “carreira” solo e coordenar a campanha do então candidato a deputado estadual Alex da Piatã, obtendo 122 votos, correspondente a 3,91%. “Votar em Alex foi uma questão de conhecer e saber dos seus projetos e não porque pretendia ser candidato a prefeito”, falou Neto.

Ele disse também que estar articulando a criação da Fundação Ricardo Moura com o objetivo de viabilizar recursos para trabalhar com crianças. Filho do vereador Lourival Filho, que exerce o mandato desde que o município foi emancipado, Neto conta que aprendeu e viveu política desde criança e independente de exercer ou não mandato eletivo, vai trabalhar para melhorar a qualidade de vida das pessoas.

Mesmo mostrando uma postura de liberdade, familiares de Neto são veiculados ao grupo político liderado pelo secretário de Administração Laurindo Nazário e tem vínculo afetivo com o ex-prefeito Joaquim Cunha, por quem foi batizado ainda criança.

Informações Adicionais