Gavião – Joaquim Cunha admite candidatura a prefeito no próximo ano; vai tentar o quarto mandato

O engenheiro Joaquim de Oliveira Cunha (PTB), prefeito por três mandatos no município de Gavião, localizado no território do Jacuípe, disse ao CN que pretende disputar mais uma vez a Prefeitura daquele município em 2016. Ele afirma que vem acontecendo quase que um chamamento popular, segundo ele em decorrência do desgaste da atual administração e vem recebendo “pressão” para sair candidato.
Desde que o município foi emancipado há trinta anos, Joaquim Cunha disputou cinco eleições, vencendo três, e em 2008, quando prefeito pela última vez, apoiou o sobrinho, o advogado Vitalmiro Cunha Júnior, conhecido por Miro, que obteve 47% dos votos válidos, perdendo a eleição para a atual prefeita Benvinda Oliveira, na época filiada ao PMDB, que obteve 52% dos votos, quebrando o ciclo liderado por Cunha. Em 2012, a prefeita Benvinda disputou a reeleição vencendo o próprio Joaquim com 775 votos de frente, ou seja, Joaquim obteve 37% e Benvinda de Laurindo, como é conhecida a prefeita, 61,06% dos votos válidos.
DialogoAberto ao dialogo, Cunha disse que está disposto a conversar com todos aqueles que estão insatisfeitos com a atual gestão e questionado sobre a possibilidade da candidatura do bancário Lourival Antonio Neto, 27 anos, conhecido por Neto de Tinho, funcionário da Caixa Econômica Federal, agencia de Conceição do Coité, seu afilhado de batismo, ele disse que se trata de um bom nome para o futuro, mas que esse não é o momento dele e vai conversar para conseguir seu apoio e da sua família, em especial do seu pai Tinho, que é vereador desde que o município foi emancipado e começou sua carreira politica junto com ele.
Filiado ao PTB, Joaquim Cunha quer de volta o DEM, que hoje estar com o vice-prefeito Juvenal Barreto da Silva e sobre esse assunto já conversou com o deputado Tom Araújo, pois na eleição de 2014 votou em todos os candidatos da coligação “A Bahia Merece Mais”, encabeçada pelo ex-governador Paulo Souto, que obteve 1.017 votos (37,44%), enquanto Rui Costa obteve 1.619 votos (59,61%), resultado parecido com a eleição de 2012 no município.
Joaquim, que estava meio que afastado do município, segundo ele em virtude das atividades profissionais que exerce no município de Santo Estevão, voltou a visitar as bases com mais frequência e vem mantendo contatos com as lideranças em ritmo de pré-campanha, pois entende que 45 dias é pouco para um período eleitoral.
Outros pré-candidatos
FotoAs Eleições 2016 acontecerão no domingo dia 2 de outubro de 2016 e vai eleger novo prefeito e os vereadores que serão os responsáveis por governar o município nos próximos quatro anos. Além dos nomes de Joaquim Cunha, possível candidato da oposição e de Neto de Tinho, que esteve recentemente com o governador Rui Costa (PT), externando seu desejo e buscando o apoio, e falou ao CN que sua candidatura é de centro, buscará apoio de todos os grupos e aparece como a novidade neste pleito, contando com o apoio do deputado Alex da Piatã, a quem apoio na eleição de 2014,
Também aparece na relação dos pré-candidatos na base governista o ex-vereador Lucivando Lima do Nascimento, (PR) conhecido por Vando, que teve o mandato cassado e elegeu a esposa Marcia Almeida Gomes do Nascimento (PR) em 2012 como vereadora mais votada no município,vereadores Júlio de Souza Silva (PCdoB), que já foi vereador e em 2012 ocupou a vaga de vice-prefeito na chapa de Joaquim Cunha, e Raulzinho Moura, atual secretario de transporte do município. Este último segundo fontes ligadas ao Governo Municipal pode ser o de maior simpatia para concorrer como sucessor de Benvinda, pois consegue manter o grupo unido.
Pelo que pôde se notar existe muitos pretendentes para disputar a prefeitura de um dos menores municípios de Brasil. Outros nomes ainda foram citados, mas não tiveram contato direto com o Calila, por isso não foram mencionados.
Fonte: www.calilanoticias.com
Autor(a): Valdemir de Assis

Informações Adicionais