Temer tenta entregar articulação do governo, mas Dilma rejeita: ‘Michel, você fica’

O vice-presidente da República Michel Temer (PMDB) teria informado que irá deixar a articulação política do governo de Dilma Rousseff (PT), de acordo com a Valor Pro. De acordo com a agência de notícias, Temer afirmou que “já cumpriu o seu papel” no cargo, que oficialmente pertence a Eliseu Padilha e o PMDB. O vice argumentou com a presidente que não queria causar transtornos para o governo, e que, se estivesse atrapalhando, poderia deixar a articulação política que assumiu em março. Isso não significaria, contudo, um rompimento do PMDB com o governo de Dilma. De qualquer forma, segundo a Folha de S. Paulo, a presidente rejeitou a proposta do vice-presidente. ''Michel, você fica'', teria dito Dilma, segundo assessores do governo.

Informações Adicionais