Grupo de jovens de Baixa Grande busca apoio pra resgatar a Alvorada do Dia 8 de dezembro

Um grupo de jovens amigos de Baixa Grande estão tentando resgatar a Alvorada que acontece no dia 08 de dezembro em comemoração a dia de Nossa Senhora da Conceição, padroeira dos católico em Baixa Grande. Essa tradição começou segundo relato dos mais antigos à mais de 50 anos atrás com alguns músicos como o saudoso Bento Santana, seu Irmão Antônio Marrom e músicos de sua família, Wilsinho, também alguns músicos de Mundo novo como o saudoso Chiquinho de Mundo Novo e Wilson de Mundo Novo, que com ajuda de outros fieis da Igreja Católica de Baixa Grande como Dona Zulima, a saudosa Dona Dêise, Jaguarari, o saudoso Seu Judicael (JD), Professora Maria, Seu Flandú, Aristeu e Dissinha, Zequinha dos Reis, Seu Molequinho e outras figuras da época deram início e manterem a tradição por anos alegrando e animando a festa no dia 08 de dezembro.

Mas os tempos se passaram alguns  como o Senhor Bento Santana e Jaguarai que eram os organizadores da Alvorada faleceram e outros que não faleceram se afastaram da tradição, foi quando a partir daí alguns jovens de Baixa Grande como Fredson Santana filho de Bento Santana, Washington Filho, Junior de Bêlo e outras figuras da cidade  como Professor Etinho, Wilsinho, Deda de Judicael, Cloves de Chota e outros jovens e amigos músicos vem por mais de 8 anos mantendo viva essa tradição com a ajuda dos comerciantes e empresários de Baixa Grande e também da Igreja Católica fazendo uma lista e pedindo uma contribuição financeira para que seja possível trazer músicos de instrumentos de sopro para tocar na Alvorada e outra despesas como foguetes, água e café da manhã.

Infelizmente à 2 anos a Alvorada não vem acontecendo por conta de algumas violências que aconteceram em 2013 na Alvorada, por isso os organizadores decidiram dar um tempo na tradição, mas nesse ano 2016 essa mesma equipe composta por Fredson Santana, Washington Filho, Junior de Bêlo, Professor Etinho, Deda de Judicael e outros jovens estão mais um ano pedindo a compreensão dos comerciantes e empresários que possam ajudar a manter viva essa tradição de mais de 50 anos em nossa cidade podendo contribuir com qualquer quantia financeira para seja possível trazer os músicos de instrumentos de sopro e as demais despesas como águas, foguetes e café da manhã.

Desde já a equipe organizadora da Alvorada agradece ao Site Portal Bacia do Jacuípe e à todos os comerciantes e empresários por todos esses anos contribuiriam de  forma direta e indireta para realizar essa bonita festa e manter viva a nossa cultura!

www.baciadojacuipe.com.br 
Por: Ediomário Catureba

 

Informações Adicionais