Prefeito de Baixa Grande explica sobre o vídeo que circula na internet relativo ao movimento grevista

O Prefeito Municipal de Baixa Grande, Pedro Lima Neto vem a público esclarecer a toda população baixagrandense referente a matéria veiculada nas mídias sociais de uma suposta agressão a um membro do Sindicato APLB.
 
Está circulando nas mídias sociais um vídeo em que o Prefeito aparece junto a professores e o advogado do Sindicato APLB, Dr. Noildo, supostamente negociando a participação destes professores numa reunião. Segue o ocorrido abaixo:
 
Nessa segunda-feira, dia 07 de março, por volta das 15 horas, o advogado da APLB Sindicato entrou em contato com o Prefeito tentando uma reunião com a comissão de professores que estão à frente da greve. O mesmo avisou que não tinha agendado esta reunião com a comissão e por isso já havia feito outros compromissos tão importantes quanto este. Sugeriu que marcasse a reunião para o próximo dia, na terça-feira, dia 8 de março de 2016. Após insistência do advogado, aceitou recebê-lo, pois o advogado da APLB precisava viajar. Ficou decidido que o receberia acompanhado da Srª Loiane, dirigente regional da APLB.
 
No horário e local marcado, o Prefeito foi surpreendido com a presença de uma comissão de professores junto ao advogado, e conforme havia se comprometido, aceitou receber apenas Dr. Noildo, advogado, e a Srª Loiane, dirigente regional do sindicato, pois é visível e notório que a comissão sindical dos professores não tem apresentado maturidade e postura ética para conduzir uma negociação visando o retorno às aulas.
 
O vídeo apresentado contém apenas recortes finais do ocorrido, ou seja, a parte que interessa aos blogs a divulgação tendo em vista que as palavras agressivas ditas por alguns destes professores ora presente não foram postadas, inclusive as ameaças em carro de som,.
 
Portanto, quero deixar claro que não foi uma reunião pré-agendada com o movimento de professores, mas sim um encontro com o advogado solicitado por ele.
 
O PREFEITO MUNICIPAL DE BAIXA GRANDE, esclarece ainda a população que não tem se furtado ao dialogo com os professores e servidores em geral, estando o gestor municipal tomando todas as providencias legais para a retomada da normalidade dos dias letivos, ressaltando que os salários dos servidores se encontram em dias.
 
Fonte: ASCOM/ PMBG

Informações Adicionais